Quinta, 20 de Janeiro de 2022
98984244732


Geral Pará

Seduc garante última revisão preparatória à segunda etapa do Exame Nacional

Mais de 200 alunos foram ao Centur, em Belém, buscar orientações e mais conhecimentos para a prova deste domingo

27/11/2021 22h35
Por: R10 Maranhão Fonte: Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

A última revisão antes da segunda prova do Enem foi realizada no Centur
A última revisão antes da segunda prova do Enem foi realizada no Centur - (Foto: Marco Santos / Ag. Pará)
A última revisão do Programa “Enem Pará Itinerante”, oferecido pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), reuniu neste sábado (27) mais de 200 estudantes que farão a segunda etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste domingo (28). A revisão ocorreu no Centro Cultural e Turístico Tancredo Neves - Centur, em Belém.

Lívia Reis vai disputar uma vaga em Serviço Social
Lívia Reis vai disputar uma vaga em Serviço Social - (Foto: Marco Santos / Ag. Pará)
Para a estudante Lívia Reis, 18 anos, que pretende cursar Serviço Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), “participar desta revisão está sendo uma grande oportunidade, porque não tenho condições de pagar um cursinho. Esta iniciativa, por ser gratuita, tem aberto muitas portas para mim. A minha expectativa tem sido enorme para o Enem, e graças aos conteúdos ministrados pelos professores consegui me preparar domingo passado, e amanhã pretendo conseguir novamente um bom resultado na prova”.

A vontade de fazer uma graduação em Engenharia Elétrica foi o que motivou José Ribamar Pinheiro, 50 anos, a estar presente na última revisão preparatória. “A gente vem observando que os aulões têm contribuído muito para o nosso aprendizado, e estamos bem próximos da segunda parte do Enem. Aqui temos recebido todo o suporte para tirar as nossas dúvidas. No meu caso, que passei um bom tempo sem estudar, essa revisão tem sido fundamental, e vai me ajudar a alcançar uma vaga na universidade”, afirmou o candidato.

José Ribamar Pinheiro pretende cursar Engenharia Elétrica
José Ribamar Pinheiro pretende cursar Engenharia Elétrica - (Foto: Marco Santos / Ag. Pará)

A revisão abordou conteúdos voltados a recorrências, com questões presentes há vários anos no Enem, mas que os alunos ainda apresentam dificuldade de compreensão. Além disso, os principais assuntos relacionados às duas áreas do conhecimento (Ciências da Natureza e Matemática) exigidos nesta fase do Enem, foram recapitulados pelos especialistas, que também deram orientações para um bom desempenho e dicas sobre hábitos mais saudáveis às vésperas das provas.

Foto: Marco Santos / Ag. Pará
Diego Maia, coordenador do Enem Pará Itinerante
Foto: Reprodução/Secom Pará
Preparação- Segundo o coordenador do Enem Pará Itinerante, Diego Maia, “mais de 200 pessoas estiveram no Centur para receber as últimas dicas relacionadas às Ciências da Natureza e Matemática, que são, na maioria das vezes, a grande fragilidade dos candidatos. Hoje, o nosso foco está sendo especial nessas duas áreas e, por isso, trouxemos professores com larga experiência em cursinho, para fechar esse ciclo com os alunos da rede pública estadual”.

O coordenador ressaltou, ainda, que o governo do Estado criou diversas iniciativas para assegurar a preparação adequada dos estudantes ao Exame, dentre elas o Polo Metropolitano; a plataforma Enem Pará Digital, em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), e o Enem Pará Itinerante, que levou conteúdos de alto rendimento e recorrência nas provas para várias cidades, e beneficiou aproximadamente 30 mil alunos.

Foto: Marco Santos / Ag. Pará

Ansiedade e estratégias- Para o professor de Química Anderson Marques, o sentimento após mais um ano de preparação para o Exame é o melhor possível, mesmo com as adversidades causadas pela pandemia de Covid-19. “Poder proporcionar o melhor ensino para que esses alunos possam fazer uma boa prova é um sentimento indescritível. Hoje, o maior desafio é controlar a ansiedade e usar algumas estratégias que a gente repassou, como iniciar por questões de conceito para ganhar mais confiança, e são as que possuem a maior pontuação, e só depois ir para as perguntas que só têm um cálculo”, informou.

Anderson Marques também afirmou que devido à mudança da redação para o início das provas, naturalmente sobra mais tempo para que os candidatos realizem os cálculos com calma. No entanto, há algumas questões estratégicas que precisam ficar para o final, por demandarem maior atenção e cuidado durante a resolução.

Texto: Vinícius Leal - Ascom/Seduc

Por Governo do Pará (SECOM)
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias