Sexta, 22 de Janeiro de 2021
98981729172


Política Eleição

26 entidades de servidores públicos pedem impeachment do governador João Dória

Politica

30/11/2020 13h47
Por: R10 Maranhão
26 entidades de servidores públicos pedem impeachment do governador João Dória

Foto: Antônio Tuccilio da CNSP

Vinte e seis entidades representativas de várias categorias dos servidores públicos assinam documento que pede impeachment do governador paulista João Dória por crime de responsabilidade. São dois pontos principais do pleito: confisco financeiro de pensionistas e aposentados e mudanças indevidas na lei dos precatórios.

A petição foi entregue ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) Cauê Macris. Assinam o documento entidades de âmbito nacional e estadual ligadas às áreas da educação, segurança, justiça, legislativo, psicologia, serviço social, sistema prisional e judiciário.

O pedido de impeachment do governador paulista, elaborado por Julio Bonafonte, diretor jurídico da Confederação Nacional dos Servidores Públicos, aponta desrespeito da legislação, especialmente contra os servidores públicos aposentados e pensionistas, com “confisco financeiro, penalizando proventos e pensões”, decorrente da aprovação do Decreto 65.021 (19.06.2020).

A legislação, explica o documento entregue ao presidente da Alesp, “não cumpre o artigo 273 da Constituição Estadual”, e inclui cobrança mensal previdenciária indevida, a partir da aplicação de alíquotas adicionais de até 16% do valor limite do Regime Geral da Previdência Social (RGPS), que é de R$ 6.101,06. “Esse confisco reduz renda dos aposentados e portadores de doenças graves, antes isentos”, assinala a petição.

O documento também denuncia o uso dos recursos previdenciários dos servidores públicos paulistas para outros fins. Em valores atualizados, o total usado indevidamente atinge R$ 154.892.588.800,00 entre 06/2007 e 06/2020.

O pedido de impeachment do governador João Dória também inclui a Lei 17.293/2020, que entre outras mudanças altera a alíquota hospitalar aos servidores públicos (de 2% para 3%), além da extinção de empresas públicas, como CDHU, EMTU e Sucen.

Destaque também à redução da chamada Requisição de Pequeno Valor dos precatórios de R$ 30.119,20 para R$ 11.678,90. “Trata-se de crime de responsabilidade não pagar o valor correto da RPV”, diz o documento.

O pedido de impeachment das entidades dos servidores públicos será analisado pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.


Coelho Neto - MA
Atualizado às 12h19 - Fonte: Climatempo
30°
Muitas nuvens

Mín. 24° Máx. 30°

30° Sensação
13 km/h Vento
44.2% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (23/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (24/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.







Ele1 - Criar site de notícias