Sexta, 24 de Setembro de 2021
98984244732


Dólar comercial R$ 5,34 0.77%
Euro R$ 6,25 +0.515%
Peso Argentino R$ 0,05 +0.847%
Bitcoin R$ 269.070,44 +2.269%
Bovespa 114.064,36 pontos 0%
Coelho Neto Eleição

Juiz impugnou pesquisa do Instituto DATA M, o mesmo que registrou a última pesquisa de Bruno Silva

Politica

13/10/2020 13h13
Por: Redação
Juiz impugnou pesquisa do Instituto DATA M, o mesmo que registrou a última pesquisa de Bruno Silva

Por Elesbão Magalhães

O juiz da 19ª Zona Eleitoral, Dr. Francisco Soares Reis Júnior, acatou um pedido e  concedeu liminar a coligação “Timon do Povo Guerreiro” mandando suspender a publicação da pesquisa do instituto Data M, o mesmo instituto que registrou uma pesquisa do candidato e réu da Justiça Federal, Bruno Silva.

Em 2014, a Justiça Eleitoral condenou o Instituto Data M e a Rádio Capital a pagarem multa de R$ 53.205,00 por irregularidades na pesquisa eleitoral registrada sob o protocolo nº MA-0004/2014.

O Instituto DATA M já foi condenado pela justiça por práticas irregulares em suas pesquisas. No sábado passado (10), o Juiz eleitoral Dr. Francisco Soares Reis Júnior da cidade de Timon impugnou uma pesquisa registrada por esse instituto.

A coligação de Bruno Silva (PP) anda muito preocupada em manter-se com números atrativos, acontece que todos já sabiam que haveria um movimento natural de queda do candidato pepista logo que os demais candidatos se movimentassem.

Carreata Bruno Silva

A única força que mantém próximo os apoiadores de Bruno Silva é sua suposta possibilidade de vitória. Mas para isso, é preciso índices colossais, muitas promessas e institutos com históricos de condenações e impugnações de pesquisas na justiça.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias