Início Cidades Luciano Leitoa decreta lockdown total de dois dias em Timon por conta...

Luciano Leitoa decreta lockdown total de dois dias em Timon por conta da pandemia

340
0

O prefeito de Timon, Luciano Leitoa já publicou decreto municipal que vai estabelecer lockdown total na cidade por dois dias. O Decreto foi publicado ontem, segunda-feira (29) no Diário Oficial do Município.

A medida tem como objetivo tentar barrar o avanço do novo coronavírus no município.

De acordo com o Secretário Municipal de Governo, João Batista Lima Pontes, as restrições de circulação de pessoas na cidade vai começar na quinta e sexta-feira próximas, dias 2 e 3 de julho, com fechamento completo dos estabelecimentos no sábado, dia  4 e domingo, dia 5. “A medida tem como objetivo baixar os índices da doença na região, já que em Teresina tudo também estará fechado”, destacou João Batista.

Nos dois dias de lockdown , sábado e domingo, apenas farmácias e delivery de alimentação estarão funcionado. Padarias, mercados, supermercados, postos de combustíveis e feiras em geral estarão fechadas.

Antonio Borges Júnior : “pico da doença e sintonia com Teresina”

Em conversa com o eliaslacerda.com, o promotor de justiça da saúde em Timon , Dr. Antonio Borges Júnior,disse apoiar a medida. Ele fez ontem, segunda (29) uma notificação recomendatória ao prefeito Luciano Leitoa recomendando as medidas adotadas. “Estamos no pico da doença e não tem sentido Teresina, adotar medidas de isolamento e Timon não seguir o mesmo caminho”, destacou o promotor.

Antonio Borges lembrou que no último final de semana Timon recebeu uma enorme quantidade de teresinenses em balneários, supermercados e postos de combustíveis da cidade aumentando a circulação de pessoas, situação que favorece a propagação do novo coronavírus.

O membro do ministério público informou ainda que preocupa o avanço da doença em Timon, pois são registrados cerca de 80 casos por dia e vários profissionais de saúde estão sendo infectados e os afastados para tratamento da doença estão deixando vagas difíceis de serem preenchidas,  já que são poucos os profissionais disponíveis no mercado nesses tempos de pandemia devida a demanda por esta mão de obra profissional.

“Nossos profissionais de saúde que estão analisando a doença em Timon afirmam que as próximas três semanas serão de muita preocupação e medidas de isolamento precisam ser tomadas para tentar conter a doença”, destacou o promotor.

O município de Timon tem 2025 casos confirmados e 64 óbitos pela Covid-19.

Para saber mais sobre o decreto do prefeito Luciano Leitoa publicado clique aqui